Carne Barrosã premiada com duas Medalhas de Ouro

Carne Barrosã premiada com duas Medalhas de Ouro

A Carne Barrosã voltou a ser premiada com duas Medalhas de Ouro no 9º Concurso Nacional de Carnes Tradicionais Portuguesas com Nomes Qualificados, que se realizou no passado dia 14 de outubro, em Santarém, no Centro Nacional de Exposições (CNEMA).

Foram publicados, no final do mês de outubro, os resultados do 9º Concurso Nacional de Carnes Tradicionais Portuguesas 2020, promovido pelo CNEMA, em conjunto com a Qualifica/oriGIn Portugal, que se realizou no dia 14 de outubro, em Santarém.

A Carne Barrosã foi, novamente, posta à prova e mereceu a máxima distinção, tendo conquistado as Medalhas de Ouro: uma na carne de vitela, o que acontece desde a primeira edição deste Concurso Nacional, e outra no hambúrguer de carne barrosã, galardão que já havia recebido também por inúmeras vezes.

Este concurso contou com a participação de várias carnes qualificadas, de diversas espécies, nomeadamente, carnes de bovino, ovino, caprino e suíno, as quais foram submetidas à degustação e rigorosa avaliação de um exigente júri composto por diversos elementos ligados ao setor das carnes.

Força para continuar

Não sendo, pois, muita a surpresa desta conquista das Medalhas de Ouro, é, no entanto, um motivo de forte orgulho para a Organização de Produtores, sediada na Cooperativa Agrícola de Boticas – CAPOLIB, e, acima de tudo, um inequívoco e estimulante incentivo para os produtores que labutam diariamente, 365 dias ao ano, muitas vezes em condições extremas, para a obtenção de tão nobre e distinta carne que faz as delícias dos palatos mais exigentes.

É assim bem merecido e inteiramente justo o pagamento que a Organização de Produtores pratica por quilo de carcaça, o qual se revela o mais caro pago à produção no nosso país. Sem este estímulo financeiro seria muito difícil perpetuar esta atividade e preservar a raça mais emblemática da bovinicultura nacional, bem como participar de forma tão assertiva para a sustentabilidade nas zonas de montanha do norte de Portugal.

A Organização de Produtores agradece a todos os produtores pelo seu desempenho qualificado, reconhecido e premiado.